Associados ABEMF
Em 6 meses de operação em meio a pandemia, a Stix conquistou 2 milhões de clientes cadastrados, segundo CEO da empresa, Eduardo Leonidas

Em 6 meses de operação em meio a pandemia, a Stix conquistou 2 milhões de clientes cadastrados, segundo CEO da empresa, Eduardo Leonidas

“Um programa de fidelidade – confira aqui o que é e como funciona – precisa ter, acima de tudo, uma política de inclusão”, é assim que Eduardo Leonidas, CEO da Stix, explica uma das principais vertentes da Stix, primeiro ecossistema de programas de fidelidade do país, que é trazer os sistemas de recompensas para o dia-a-dia das pessoas.

Segundo o executivo, antes, as pessoas juntavam pontos para serem usados em um momento esporádico – as férias – e quem não tinha cartão ficava de fora. “Os clientes viam nos sistemas de recompensas um universo complexo e, na maioria das vezes, distante do dia-a-dia. Portanto, havia um espaço para pensar fidelidade de um jeito diferente”, relata.

Os pontos stix são acumulados e resgatados nas compras do supermercado e da farmácia, sejam como descontos, sejam como troca por produtos e serviços – e até para fazer doações. A Stix é gratuita e todos podem participar, quem tem cartão de crédito e quem não tem. 

Confira na entrevista exclusiva a seguir:

A  Stix  atingiu 2 milhões de clientes cadastrados em seis meses de operação em meio a pandemia. Qual a maior carência que essa marca evidencia?     

Desde quando a Stix começou a ser desenhada, conversamos diretamente com os consumidores para entender quais eram seus incômodos em relação aos programas de fidelidade. Descobrimos que os clientes viam nos sistemas de recompensas um universo complexo e, na maioria das vezes, distante do dia-a-dia. 

As pessoas juntavam pontos nas compras cotidianas para serem usados em um momento esporádico: as férias. Os pontos saiam do varejo e migravam para as passagens áreas e, neste modelo, quem não tinha cartão ficava de fora. Portanto, havia um espaço para pensar fidelidade de um jeito diferente. 

Criamos a Stix com benefícios inéditos no mercado, a começar pelo conceito de ecossistema. Com o cadastro na Stix, é possível juntar e trocar a mesma moeda, o ponto stix, em diferentes marcas do varejo. E tudo vai para uma carteira única. Além disso, o ponto expira só uma vez por ano (para ninguém esquecer e perder seus pontos) e é possível transferir stix entre contas, sem taxa.

Para nós é gratificante notar que as pessoas já entram na Stix com alto nível de engajamento, ou seja, juntando e trocando stix.

 A coalizão entre marcas, o processo de digitalização  e a crise ocasionada pela pandemia de coronavírus  tornaram ainda mais evidente a necessidade de programas de fidelidade para o dia a dia, com acúmulo e resgates simples. Qual é o maior trunfo da  Stix  nesse momento de transição que vivemos?   

Beneficiar consumidores e marcas. Para os varejistas, a Stix cuida de toda a plataforma tecnológica e do ponto stix, garantindo autonomia para que preservem seus programas de fidelidade próprios, permitindo que eles definam suas próprias alavancas promocionais. Além disso, garantimos exclusividade no ecossistema, ou seja, não há concorrentes dentro da Stix.   

Já para os consumidores, queremos que o ato de juntar e trocar pontos seja parte do dia-a-dia e acessível para todos. É por isso que os pontos stix são acumulados e resgatados nas compras do supermercado e da farmácia; o objetivo não é ficar fazendo porquinho de pontos para usar apenas nas férias, como acontece nos programas de fidelidade das aéreas.

Ao usar a Stix, as pessoas logo percebem que podem trocar seus stix por descontos nas compras do supermercado ou da farmácia e economizar; também podem trocar por produtos, serviços e até fazer doações. A Stix é um ecossistema de fidelidade inclusivo: é gratuito e todos podem participar, quem tem cartão de crédito e quem não tem.  

Como diferenciais, oferecemos o envio de pontos entre familiares e amigos de forma totalmente gratuita, data de expiração anual e ponto com valor conhecido na hora da troca, focando na clareza e transparência para nossos clientes. Isso é único no mundo, você não encontra nenhum outro programa que traga esses três pilares na mesma plataforma e ao mesmo tempo.    

Como é sobrepor a barreira de mexer em programas já estabelecidos? Essa foi a parte mais difícil?  Acredita que isso é algo que vamos ver cada vez mais? Qual argumento deve-se utilizar para isso?  

A Stix é um programa do varejo para o varejo e a autonomia de nossos parceiros é um dos princípios de nosso modelo. Sabemos que os varejistas são especialistas em seus segmentos, conhecem a fundo as alavancas dos seus negócios, por isso, nosso foco é integrar os programas por meio de um ponto forte e uma plataforma de prêmios moderna. Sendo assim, os programas de fidelidade de cada marca são fortalecidos, utilizando-se de um ponto único, o stix, e se beneficiam com consumidores que antes não eram seus, mas que passaram a direcionar suas compras para as grandes marcas do ecossistema com o intuito de juntar stix. 

Com a COVID19, o consumidor ficou mais atento às possibilidades de trocar pontos no varejo. Segundo a ABEMF, entre abril e junho de 2020, no auge da pandemia, as trocas de pontos foram utilizadas para a aquisição de produtos no setor e, como primeira coalizão de fidelidade do varejo nacional, acreditamos que existe muita vantagem em participar de um ecossistema de grandes marcas, que são exclusivas em seu segmento e um negócio apoia o outro.    

Como mudar definitivamente o mercado de fidelidade no sentido de atingir cada vez mais classes sociais e econômicas – e mais em um momento de crise? Como a  Stix  espera vencer isso, principalmente os possíveis entraves tecnológicos de parte das classes econômicas mais baixas? 

Um programa de fidelidade precisa ter relacionamento, transparência, respeito com os consumidores e, acima de tudo, uma política de inclusão e poder de escolha. A fidelização deve sempre estar focada no cliente, já que ele é responsável por impulsionar o futuro do segmento.

Temos um aplicativo próprio, mas também temos nossos mini apps que estão dentro dos apps das grandes marcas e que permite acompanhar extrato, ver o catálogo e realizar uma troca no app do parceiro. Além disso, acabamos de lançar um site (soustix.com.br) que faz tudo o que você faz no aplicativo, pois sabemos que nem todo mundo gosta de usar apps. Prezamos por uma experiência simples e fugimos da linguagem complicada do mercado de fidelidade. Nosso objetivo é aproximar e não afastar.  

A Stix é gratuita, basta ser cadastrado e comprar nas grandes marcas com o meio de pagamento de sua preferência, informando seu CPF. Além disso, temos um catálogo de prêmios, que vão desde itens mais caros, como dermo-cosméticos ou uma panela importada, até itens mais baratos, como um desconto de R$ 5 na compra da farmácia ou dos supermercados.   

Qual a meta de crescimento da  Stix  para os próximos seis meses?   

Nós fizemos 1 ano de vida em outubro. A empresa é nova e nossa meta é melhorar ainda mais a experiência dos participantes Stix no ecossistema: na hora de juntar stix nas grandes marcas (Pão de Açúcar, Droga Raia, Extra e Drogasil) e trocar stix por prêmios, seja um desconto no caixa ou produtos e serviços. Afinal, somos uma marca de varejo, e nosso objetivo é que seja fácil juntar e trocar stix todo mês.  

Além disso, queremos trazer novas marcas de outras verticais de consumo que também serão exclusivas dentro do seu setor de atuação no varejo, como empresas de vestuário, pets e casa & construção.

Confira também:

Tags :

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *